Arquivo do extinto blogue Esferovite- a vida em pedaços (13-08-2003/ 4-01-2006)

terça-feira, julho 19, 2005

mergulho

vamos mergulhar no mar ou noutra coisa qualquer. o importante, hoje, é tirar a camisa e deixar que o sol nos toque, intimamente, no peito. vamos mergulhar em sonhos, em paz, em alegria. tirar a roupa e as formalidades de todos os dias, abrir os braços, sentir esta brisa que corre quando se está perto do mar. vamos mergulhar em verde, mergulhar em vermelho, mergulhar em todas as cores. vamos sair molhados daqui.

vamos, não ouves a minha voz? vamos conquistar os olhos bem abertos, vamos refazer os beijos que fomos deixando à beira da estrada, vamos esquecer o trânsito, esquecer os gritos da vizinha na escada do prédio, esquecer o homem que nos pede contas a cada esquina. vamos mergulhar, sim, vamos mergulhar como quem voasse. e depois, de asas bem atadas ao peito, quem sabe, podemos fechar os olhos e não parar, não parar nunca mais.

vamos mergulhar no mar, vamos, vamos mergulhar em todas as coisas do mundo. porque agora não adianta nada ficar parado, não adianta nada esperar a história, não adianta nada nada mais adiantar. vamos soltar os cabelos, vamos soltar as pernas, vamos soltar o próprio mar. e depois de tudo solto, podemos mergulhar. vamos conquistar todas as pequenas coisas que nos restam conquistar. o sorriso, o abraço, o olhar. vamos mergulhar nos sonhos, vamos mergulhar.

2 comentários:

are_you__real disse...

Quem resiste a um convite destes? Mergulhemos então!!

diluida disse...

bons mergulhos...

Arquivo do blogue