Arquivo do extinto blogue Esferovite- a vida em pedaços (13-08-2003/ 4-01-2006)

domingo, dezembro 25, 2005

cedo

acordou cedo para ir ver as prendas em cima do sofá da sala. abriu-as a noite passada, tiradas de perto da árvore de natal. acordou cedo, levou a boca seca pelo corredor. a luz do dia chuvoso entrava pelas janelas, e ao sair de cada porta inventava pequenos redutos pelo corredor. duas frases seguidas terminadas pela palavra corredor, quase três. ele era assim.

acordou cedo e ligou o leitor de cd's. está apaixonado por um álbum que não pára de ouvir. pensa em alguns amigos que não estão com ele e em noites em que havia vinho sobre a mesa. tenta estabalecer contacto com imensa gente que não conhece. repete interiormente alguns princípios de estética. ou então, é natal, é natal, é natal.

acordou cedo e olhou para o outro lado da cama. deixou uma almofada ao alto, a simular um corpo que dormisse com ele. até podia ser triste, mas acaba por lhe fazer crescer um sorriso nos lábios. coloca a almofada entre ele e o relógio digital na mesa de cabeceira. abraça a almofada para ver as horas. e percebeu que acordou cedo.

1 comentário:

are_you__real disse...

podia ser triste...